December, 2010


31
Dec 10

PLUS 2011

Os ganhadores dos nossos cinco kits PLUS de final de ano foram, em ordem de sorteio:

- Lucia Martins Alves

- Denise Paiva Ferreira

- Pablo Waldman

- Cesar Costa

- Renato Barbieri

Os Kits serão enviados pelos Correios. Utilizamos o sistema random.org de escolha randômica de números.

Aproveitamos para desejar a todos um 2011 muito especial, cheio de ARTE.


Share

23
Dec 10

PLUS LIVE NA AMBIENTE SKATE SHOP

Share

23
Dec 10

ARNALDO JABOR – O Estado de S.Paulo

Ao apagar das luzes, fui ver a Bienal. Quase não escrevo sobre ela, mas não aguentei, apesar de não ser crítico de arte. A sensação dominante que tive foi de ruínas ou de despejos da civilização. Saí triste. Os trabalhos repetem os mesmos códigos e repertórios: terra arrasada, materiais brutos e sujos, desarmonia, assimetria, uma vergonha de ser “arte”, vergonha de provocar sentimentos de prazer. A fruição poética é impedida, como se o prazer fosse uma coisa reacionária, “alienada”, ignorando o “mal do mundo”, que tem de ser esfregado na cara do espectador para que ele não esqueça o horror que nos assola.
Continue reading →

Share

21
Dec 10

Imagens das obras PLUS

A partir de hoje, na PLUS Galeria, disponibilizaremos as imagens das obras de ARTE como se estivessem na parede com um homem de altura mediana próxima a elas (o homem mede 1 metro e 78 cm).

Melhor para a maioria das pessoas compreender as dimensões, sem precisar recorrer a uma trena, pelo menos em um primeiro momento.

À propósito, a PLUS fica linda no Iphone. ARTE na palma da mão, onde quer que você esteja. Testa aí!

www.plusgaleria.com.br

Share

19
Dec 10

Promoção PLUS Expo, Blue Days

Gravura de Carlos Rezende, água-forte no papel 100% algodão, 40 x 35 cm

Está no ar a exposição Blue Days, do artista Carlos Rezende, inaugurando a sala PLUS de exposições de Arte.

E quem assinar a lista de presença, estará concorrendo a esta BELÍSSIMA água-forte (gravura 25/50) do artista. O resultado será divulgado em todos os nossos canais, no dia 31 de janeiro de 2011, às 21 horas.

www.plusgaleria.com/expo

Share

19
Dec 10

PROMOÇÃO PLUS DE FINAL DE ANO

Abra sua conta na PLUS Galeria, no link
www.plusgaleria.com.br/authentication.php?back=my-account…
E concorra a 05 (cinco) kits como este:
- 1 fanzine Zatopek 5, por Oscar Fortunato, todo feito à mão pelo próprio artista
- Adesivos Oscar Fortunato
- Adesivos Rustoff
- 1 botton PLUS
- 1 botton CBGB, Fernando Carpaneda
- 1 pad Carlos Rezende
- 1 Calendário 2011 by Lupe
O sorteio acontecerá dia 31 de dezembro de 2010, e os premiados serão anunciados em todos os nossos canais.
Boa sorte!

Blog
www.plusgaleria.com/blog

Facebook
www.facebook.com/#!/pages/PLUS/115500235155816

Twitter
@plusgaleria

Share

18
Dec 10

WALLPAPERS

Blue Days, Carlos Rezende, 2010
Special thanks to Bruno Galiza

Wallpaper para Iphone 4

Wallpaper para resolução 1680 x 1050

Wallpaper para resolução 1600 x 1200

Wallpaper para resolução 1600 x 1900

Wallpaper para resolução 1280 x 1024

Wallpaper para resolução 1280 x 960

Wallpaper para resolução 1024 x 768

Share

14
Dec 10

ERÓTICA e PORNOGRAFIA

por Guido Cavalcante

Uma grande parte do trabalho de grandes artistas visuais – Rubens, Ingres, Delacroix, Degas, Lautrec, Rodin, Gauguin, Matisse, Magritte, Klimt, Picasso, Modigliani – é, sem dúvida, erótica. Mas o que é, precisamente para a arte, ser erótica? É claro que, no mínimo, a obra deve ter conteúdo sexual, na forma de representações de seres nus ou semidespidos, sozinhos ou acompanhados, em repouso ou realizando ações de natureza sexual. No entanto, para a arte ser contabilizada como erótica, é preciso fazer mais do que representar o corpo humano nu ou fazer referência a assuntos sexuais. Por outro lado, esboços anatômicos dos órgãos genitais, um estudo realista da sala do ginecologista, ou uma história em quadrinhos com bilaus pneumáticos, não são eróticos, apesar do conteúdo sexual que incluem. Arte erótica é uma arte que visa despertar o interesse sexual, ao evocar pensamentos, sentimentos ou desejos sexuais nos espectadores, em virtude do que ela representa e do sucesso em fazê-lo. A intenção de despertar o interesse sexual e a recompensa por aquilo que é mostrado pode ser tomado como o principal critério da arte erótica.

Nós começamos a inferir daí a tênue distinção entre o que é arte erótica e o que é pornografia. Elas se distinguem, sem dúvida, em pelo menos dois aspectos: em primeiro lugar, a pornografia tem, por definição, um aspecto não-artístico claro e significativo. Ou seja, a pornografia não faz apelo aos espectadores para considerar o modo e os meios de representação da imagem. Ninguém olha pornografia para ver arte! Em segundo lugar, a pornografia tem como objetivo central um resultado típico, imediato, de prazer e curiosidade, promovendo alguma forma de degradação, ou de  dominação e até de despersonalização do que ela representa, geralmente a mulher, alienando, portanto, nossa atenção das identidades individuais únicamente para aquilo que “está sendo feito” por outros, e que passamos a considerar como nossa exclusiva satisfação. A pornografia é seletiva. Suas imagens devem vir ao encontro daquilo que “preferimos” no sexo, ou seja, ela tem uma finalidade clara, definida e inequívoca: para mulheres masculinizadas; para homens afeminados; para transsexuais ou para adeptos do sexo violento…
A pornografia é utilitarista e é como ela se distingue definitivamente da arte erótica.

Todas as imagens a seguir são exclusivamente pornográficas e demonstram a “especialização” das preferências.

Share

8
Dec 10

Blue Days & PLUS´ Exhibition Room

PLUS www Art Gallery proudly invites you to the { Blue Days } Exhibition, by Carlos Rezende, the first show on PLUS´ new room.

PLUS Room

The ritual is the same as usual. You enter the gallery, read the traditional release, look at the artwork one by one, sign the guest’s book and take you catalog home. The difference? It only takes couple of clicks over the Internet to do all of this. This is the brand new concept behind PLUS’ new Exhibition Room to be opened this Friday, December 10th 2010, with the show Blue Days by Carlos Rezende. The opening will be at 9 PM, with a DJ set based upon the exhibition, by Hugo Siqueira on the link www.plusgaleria.com.br/expo

Working since May 10th, 2010, PLUS Gallery works with Brazilian artists, offering accessible contemporary art. From December 10th, 2010,  PLUS opens its exhibition room that can be visited online. ” In our virtual exhibition, the artwork will be displayed in order as in a physical one, but with all the new features of electronic communication”explains Lydia Himmen, PLUS’ owner and curator.

Another difference from PLUS’ room is that you can do all of this whenever you wish to, not having to leave home, with the maximum of ease. Online, PLUS works 24 hours, 365 days a year and can be visited whenever the user wishes to. Following a green agenda, all of the catalog can be read on your screen or downloaded on .pdf format. “We are doing all this because we don´t think the future is something yet to come. It´s already here”, finishes Lydia.

Exhibition: BLUE DAYS
Artist: Carlos Rezende
Curator: Lydia Himmen
Where: PLUS Art Gallery, Exhibition Room – http://www.plusgaleria.com/expo
Better with: Google Chrome Beta, Mozilla Firefox 4, IE 9
Opening: December 10th, 2010. Performing DJ Hugo Silveira (http://function.com.br)
When: from Dec. 10th, 2010 to Jan. 10th, 2011.
Open: 24 hours
Number of art works: 10 (ten)
Technique: Watercolor and Koh-i-noor blue pencils on Fabriano paper 100% cottom 300g
Dimensions: from 76cm x 56cm to 103cm x 72cm
Prices: from R$1.200,00 to R$3.250,00   ( U$ 716,00  to  U$  1938,00 )

On the Exhibition
By Tarik Hermano

Relativism  and questioning bring us to the Time and its measures. Obvious: the Time. Its measures and incivilities apart, I focus on the Space. This one we all know since we were born. The Z-axis (along with the X and Y as well). The volume.

Taking it for granted, I pick up a ruler, or a measuring tape, or intergalactic lasers – translations into language of the parts that build up the three dimensions we first created, then impriosoned ourselves. Method, idiosyncrasy, melancholy.

It is known, by definition, that a rectangle based prism, standard volume to define a space, implicates three dimensios. We’re back to the X, Y and Z. I take my measuring tape from my pocket. Open it, close it. It’s useless. How to move within a space that is not measurable? How can a space with no volume exist?

In the eagerness to name things, we create signs. Letters and numbers are placed within a method. Symbols put themselves to the task of coding and expressing reality. Nevertheless, language is reductionist. Names and numbers express magnitude, but not the Experience. The process is no more than this: ordered irrealities gathered so as to shape a group of references to the Experience.

Virtuality.

In a volumeless space, the scale of things is changed. An infinite plane, X and Y-axis still well defined. A little volume, yet virtual. We can measure them in a schizophrenic attempt of controlling the signs of that haunting experience. Centimeters are replaced by the pixels, but the icon is still the image of a measuring tape.

Infinity within a screen, without scale. A window into the volumeless immensity. Virtuality. Going outwards drowning more and more into yourself. Melancholy. Welcome to the world. Breath and get used to it.

On the Artist
Carlos Rezende (Paraisópolis – MG, Brasil)
Studied Architecture at FAU-USP. Lived in Rome, where he studied Fresco and Arts History at Accademia de Belle Arte di Roma. Studied sanguine at Casa Buonarotti, in Florence and at the Venice Accademy Museum. Engaged on some murals with the american artist Sol Lewitt, the brazilian architect Ruy Ohtake, among others. Multidisciplinary artist, arts critic and writer with huge work on print media. Lives and works in Araraquara – SP and Rome, Italy.
www.carlosrezende.com.br


On the DJ

Hugo Siqueira is editor, journalist and Dj at the website Function! Podcast, based on www.function.com.br and also published at Finissimo (www.finissimo.com.br/function). First Brasilia’s Pordcast*, focused on eletronical music, Function! brings us sets in several different styles and also info on local music and production. Four years ago, he became “Internet DJ”. Works on production on soundtracks and podcasts.

*Podcast is the junction of the words “iPod” and “broadcast”. Podcasts are audio files that may be accessed through the internet. These files can be refreshed automaticaly through web feed. These files can be listened directly on your browser of downloaded and stored in your computer for offline listening.

PLUS Team
Programming – SOFUN www.sofun.art.br
Pictures (treatment) – Orlando Lemos (Ólux) and Bruno Galiza
Text – Andrea Regis, Tarik hermano
Invited DJ for the opening – Hugo Siqueira http://function.com.br

Press

Plus Gallery – imprensa@plusgaleria.com
Tarik Hermano – tarikhermano@gmail.com
+ 55 62 8428 3867

Share

7
Dec 10

Sala PLUS de exposições de Arte !

A PLUS Galeria www de Arte orgulhosamente convida para a exposição { blue days }, de Carlos Rezende, a primeira mostra da sala PLUS de exposições de Arte.

Sala PLUS

O ritual é aquele de sempre. Você entra na galeria, lê o tradicional texto de apresentação, contempla as obras de arte, uma a uma, assina o livro de presenças e leva seu catálogo para casa. A diferença? É que agora bastam cliques no computador para fazer tudo isso. Esse é o conceito inovador da sala de exposições da PLUS Galeria, que será inaugurada nessa sexta-feira, 10 de dezembro de 2010, com a mostra Blue Days, do artista plástico Carlos Rezende. A vernissage acontece a partir das 21 horas, com discotecagem inspirada na exibição por Hugo Siqueira, no link www.plusgaleria.com.br/expo.

Em funcionamento desde 10 de maio de 2010, a PLUS Galeria trabalha com artistas plásticos brasileiros, oferecendo transparência e acesso facilitado à arte contemporânea produzida no País. A partir de 10 de dezembro de 2010, a Plus inaugura sua sala, que pode ser visitada via Internet. “Em nossas mostras virtuais, as obras estarão dispostas em ordem, como numa exposição convecional, só que com todos os recursos oferecidos pela comunicação eletrônica”, explica Lydia Himmen, proprietária e curadora da PLUS.

Outra inovação da sala PLUS é que o visitante fazer tudo isso quando quiser, sem precisar sair de casa, com o máximo em conforto. Online, ela funcionará 24 horas por dia, 365 dias por ano e pode ser visitada quando o usuário bem entender. Seguindo uma linha sustentável, o catálogo pode ser lido na própria tela ou baixado em pdf. ” Estamos fazendo tudo isso porque não achamos que o futuro é algo que ainda está para chegar”, assegura Lydia. “Ele já é o presente!

Exposição:  BLUE DAYS
Artista: Carlos Rezende
Curadoria:  Lydia Himmen
Local:  PLUS Galeria de Arte, Sala de Exposições http://www.plusgaleria.com/expo
Ideal para as versões: Google Chrome BETA, Mozilla Firefoz 4 ou Internet Explorer 9
Vernissage: 07 de dezembro de 2010 com apresentação do DJ Hugo Siqueira, do podcast http://function.com.br/
Período: de 07 de dezembro de 2010 a 07 de janeiro de 2011.
Horário:  24 horas por dia
Nº de obras: 10 (dez)
Técnica: Aquarela e lápis Koh-i-noor azuis sobre papel Fabriano 100% algodão 300g
Dimensões:  de 76 x 56 cm a 1.03 x 0.72 m
Preços: de R$ 1200,00 a R$ 3250,00

Sobre a Exposição
Por Tarik Hermano

Relativismos e questionamentos nos trazem ao tempo e suas medidas. Lógico: o tempo. Suas medidas e desmesuras à parte, me atenho ao Espaço. Esse, que todos conhecemos desde que nascemos. O eixo Z (junto com o X e o Y). O Volume.

Tendo-o por certo, tomo enfim uma régua, ou trena, ou lasers espaciais – traduções em linguagem de partes que compõem as três dimensões que primeiro criamos e depois nos prenderam. Método, idiossincrasia, melancolia.

Sabe-se por definição que um prisma de base retangular, volume formal tipo para a definição de um espaço, implica três medidas. Voltamos ao X, Y e Z. Tiro minha trena do bolso. Abro, fecho. É inútil. Como se movimentar num espaço que não se mede? Como existe um espaço que não tem volume?

Na ânsia de nomear, criam-se signos. Letras e números são inseridos num método. Símbolos que se prestam a codificar e expressar a realidade. No entanto, a linguagem é reducionista. Nomes e números exprimem a grandeza, mas não a experiência. O processo se faz, assim, de irrealidades ordenadas de modo a formar um conjunto de referências à experiência.

Virtualidade.

Num espaço sem volume, a escala das coisas muda. Um plano infinito, eixos X e Y ainda bem definidos. Um pouco de volume, ainda que virtual. Podemos medi-los numa busca esquizofrênica por controle dos signos daquela experiência que nos assombra. Trocam-se os centímetros pelos pixels, mas mantém-se, no ícone, a forma da trena.

O infinito numa tela, em escala. Uma janela na imensidão sem volume. Virtualidade. Ir para fora afundando cada vez mais dentro de si. Melancolia. Bem-vindo ao mundo. Respire e acostume-se.

Sobre o Artista

Carlos Rezende (Paraisópolis, Minas Gerais, Brasil)

Estudou Arquitetura na FAU – Universidade de São Paulo.
Viveu em Roma onde frequentou o curso de Afrescos e História da Arte na Accademia di Belle Arte di Roma.
Estudou Sanguínea junto a Casa Buonarotti, em Florença e no Museu da Academia de Veneza.
Desenvolveu projetos de Murais junto ao artista americano Sol Lewitt, ao arquiteto brasileiro Ruy Ohtake, entre outros.
Artista multidisciplinar, crítico de arte e escritor com vasta colaboração na midia impressa.
Vive e trabalha em Araraquara e Roma, na Itália.
www.carlosrezende.com.br

Sobre o DJ

Hugo Siqueira é editor, jornalista e DJ do site Function! Podcast, baseado no www.function.com.br e publicado também no Finissimo (www.finissimo.com.br/function ). Primeiro podcast* de Brasília, voltado para a música eletrônica, o Function! traz sets em vários estilos, além de informações sobre música e produção local. Há quatro anos virou de vez “DJ de Internet”. Dedica-se à produção de trilhas e podcasts.

*Podcasting é a junção das palavras iPod (aparelho que toca arquivos digitais em mp3) e broadcasting (transmissao de radio ou teve). Assim, podcasts são arquivos de audio que podem ser acessados pela Internet. Estes audios podem ser atualizados automaticamente mediante uma espécie de assinatura (você cadastra o endereço do site e a cada novo arquivo o download é feito automaticamente). Os arquivos podem ser ouvidos diretamente no navegador ou baixados no computador.

Ficha Técnica

PLUS Galeria de Arte http://www.plusgaleria.com.br
http://www.plusgaleria.com.br/blog
http://www.plusgaleria.com.br/expo
Programação – SOFUN  http://www.sofun.art.br/
Fotos (tratamento) – Orlando Lemos (Ólux) e Bruno Galiza
Textos – Andrea Regis, Tarik Hermano
DJ convidado para a vernissage – Hugo Siqueira http://function.com.br

Assessoria de Imprensa

Plus Galeria, imprensa@plusgaleria.com
Tarik Hermano, tarikhermano@gmail.com
+ 55  62 8428-3867

Share